sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Apesar do SINTE não conseguir mobilizar toda a categoria...governo cede e responde favoravelmente às reivindicações

O documento assinado pela SEEC respondendo às reivindicações das categoria da rede estadual traz quinze compromissos, entre eles: o reconhecimento da dívida do terço de hora atividade, que deverá ser paga em seis parcelas; a garantia de enviar a revisão do plano de carreira do magistério para votação na assembleia legislativa até outubro; a convocação de professores concursados e o pagamento de uma letra promocional. Mas a conquista mais comemorada foi a que determina a manutenção da Letra quando o educador mudar de nível, uma antiga reivindicação da categoria.
Confira o documento na íntegra AQUI.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

É para rir....esse valor não compra nem ingresso de circo. Trabaalhador não precisa de vale, necessita de salário digno.

Dilma assina decreto de regulamentação do Vale-Cultura, mas dúvidas persistem
 
A presidente Dilma Rousseff assinou o decreto de regulamentação do Vale-Cultura, programa que concederá R$ 50 mensais a trabalhadores, para a compra de bens culturais. O decreto foi publicado nesta terça-feira (27) no Diário Oficial da União.
A regulamentação serve para especificar o funcionamento de uma lei. Mas o benefício ainda tem sua aplicação incerta.
Assim como o texto da lei que havia sido sancionado, em dezembro passado, o decreto define que o benefício será concedido a funcionários que recebem até cinco salários mínimos, por meio de um cartão magnético.
O decreto estabelece também especificidades que não estavam no texto sancionado, mas que já haviam sido adiantadas pela ministra da Cultura, Marta Suplicy, como o caráter cumulativo dos créditos inseridos no cartão, que não terão prazo de validade.
Além disso, o texto define os valores de descontos feitos ao salário dos trabalhadores: o funcionário que receber até 5 salários mínimos, por exemplo, terá descontado 10% dos R$ 50. O desconto varia de acordo com a faixa salarial. Os trabalhadores que receberem mais de cinco salários mínimos também poderão obter o benefício. Para estes, o desconto salarial é maior. Um funcionário que receba acima de doze salários mínimos terá descontado, por exemplo, 90% dos R$ 50.
Desde que a lei foi sancionada, em dezembro passado, Marta já disse que o Vale-Cultura poderia ser usado para comprar produtos em livrarias, teatros, cinemas, bancas de jornal e Pontos de Cultura (iniciativas independentes espalhadas pelo país financiadas diretamente pelo Ministério da Cultura para fomentar a produção e difusão cultural).
A ministra já chegou a considerar o vale como meio de pagamento de TVs a cabo, mas recuou após receber críticas. "Abandonei a ideia por conta da movimentação cultural", afirmou na ocasião.
INCERTEZAS
O decreto de regulamentação, no entanto, ainda não definiu onde e com o que o Vale-Cultura poderá ser usado. Uma portaria deverá regulamentar todo o funcionamento da lei. Segundo o MinC, o texto será publicado até 6 de setembro.
Ainda não se sabe, também, quais serão as empresas que irão distribuir o cartão magnético. Uma reunião nas próximas semanas irá definir isso, segundo o ministério.
"Agora falta pouco para o Vale-Cultura chegar à mão dos trabalhadores. Com o decreto assinado, o vale se torna uma realidade. Vamos fazer uma força-tarefa para finalizar os procedimentos internos e disponibilizar este alimento para a alma, que é o acesso à Cultura, até o fim do ano", disse Marta, em nota.
ADESÃO
Para aderir ao programa, que não é obrigatório, as empresas de lucro real (com receita bruta total superior a R$ 48 milhões no ano anterior) receberão incentivo de até 1% sobre o imposto devido.
Empresas que aderem ao lucro presumido (que faturam menos de R$ 45 milhões por ano) e que integram o Simples (Sistema Integrado de Imposto e Contribuições das Microempresas e das Empresas de Pequeno Porte) também poderão oferecer o Vale-Cultura a seus funcionários, mas sem incentivo fiscal. Como contrapartida, os R$ 50 não serão tributados.
Empresas estatais, como Petrobrás e Correios, serão as primeiras a aderir ao benefício. O MinC calcula que 241 mil funcionários de estatais serão beneficiados.
Para 2013, a pasta diz que haverá um montante de R$ 300 milhões de incentivo fiscal para o Vale-Cultura. As estatais devem usar R$ 130 milhões desse valor.
Sem especificar quando, o MinC afirma que "ainda neste semestre" o trabalhador poderá receber o Vale.

convênios a custear remédios contra o câncer

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou nesta terça-feira (27) proposta que obriga os planos privados de saúde a cobrir despesas com medicamentos de uso oral contra o câncer, incluindo remédios para o controle de efeitos adversos relacionados ao tratamento.  A proposta seguirá para sanção presidencial, a menos que haja recurso para sua análise pelo Plenário.
O relator na CCJ foi o deputado Ricardo Berzoini (PT-SP). O texto aprovado também inclui a cobertura de procedimentos radioterápicos para tratamento de câncer e hemoterapia, desde que estejam relacionados à continuidade da assistência prestada por meio de internação hospitalar. As medidas estão previstas no Projeto de Lei (PL) 3998/12, do Senado, que altera a Lei dos Planos de Saúde (9.656/98).
Substitutivo anterior
O texto aprovado é um substitutivo acatado anteriormente pela Comissão Defesa do Consumidor, com emenda da Comissão de Seguridade Social e Família. O substitutivo trocou o termo "quimioterapia oncológica domiciliar de uso oral" por "tratamentos antineoplásicos domiciliares de uso oral". Os medicamentos antineoplásicos são usados para inibir ou evitar a disseminação de tumores malignos (câncer).
A emenda aprovada na Seguridade passou a permitir o fracionamento por ciclo desses medicamentos, de acordo com a prescrição médica, uma vez que o tratamento do câncer quase sempre combina mais de uma etapa, como cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou transplante de medula óssea. Ainda segundo a emenda, os medicamentos serão oferecidos diretamente ao paciente.
Autora da proposta, a senadora Ana Amélia (PP-RS) explicou que atualmente cerca de 40% dos tratamentos oncológicos empregam medicamentos de uso domiciliar, em substituição ao regime de internação hospitalar ou ambulatorial. Segundo ela, em 15 anos, 80% dos tratamentos oncológicos serão feitos na casa do paciente, com medicamentos de uso oral.

sábado, 24 de agosto de 2013

Governadora abre o jogo e diz que folha de pagamento dos servidores corre risco

Rosalba Ciarlini afirmou que pagamento integral do duodécimo pode prejudicar folha salarial do Executivo. Foto: DivulgaçãoNão é por acaso que o Governo do Estado tem feito de tudo para não pagar integralmente o duodécimo integral devido aos poderes (Legislativo e Judiciário) e órgãos auxiliares do Rio Grande do Norte (Ministério Público e Tribunal de Contas). Na noite desta sexta-feira, ao saber da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, segundo o Tribunal de Justiça, determinou que o Executivo pague todo o duodécimo devido até o final do ano, sem novos cortes, a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini, revelou o receio de que essas decisões judiciais prejudique a folha de servidores do Executivo ou inviabilize os recursos para “ações que são fundamentais” para o RN.

WELCOME DOCTOR

Médicos cubanos pedem respeito e dizem que vêm trabalhar para brasileiros
 
O primeiro grupo dos 206 médicos cubanos que vão trabalhar no Brasil desembarcou nesta sábado (24) a tarde no país. No Recife, ficaram 30 profissionais e 176 seguiram para Brasília, onde chegaram à noite. Ao desembarcar, Oscar Gonzales Martinez, graduado há 23 anos e especialista em atenção à família, disse que tinha grande expectativa em trabalhar com a população brasileira.
Martinez, que é especialista em atenção à saúde da família, disse que veio ao Brasil por várias razões, entre elas, a oportunidade de trabalhar para o povo brasileiro.
 
leia mais em:

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Unanimidade: TJRN rejeita recurso e Sinte deverá devolver servidores cedidos à Secretaria de Educação

O recurso interposto pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte/RN) ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), que tratava da cessão de educadores do Estado para a entidade sindical, foi rejeitado por unanimidade dos magistrados que acompanharam o processo. A decisão, desfavorável aos sindicalistas, avalia que as cessões são irregulares e, por isso, os profissionais devem se apresentar à Secretaria de Estado da Educação (Seec), voltando para atividades em sala de aula.
Na tentativa de suspender a devolução de membros da entidade para os quadros da Secretaria, o Sinte chegou a argumentar que é ilegal o ato administrativo da secretária estadual de Educação, Betania Ramalho, de apresentar os sindicalistas à Coordenadoria de Administração de Pessoal e de Recursos Humanos (COAPRH) e solicitou a manutenção da licença ou afastamento dos mesmos para atuação junto à entidade.
O Sindicato requereu, ainda, que a secretária se abstenha de determinar a abertura de processo administrativo disciplinar, em razão da ausência ao serviço por motivo de exercício de representação sindical. Entretanto, após decisão do Tribunal de Justiça, parece que não há mais como o Sinte recorrer mais uma vez.
Para a coordenadora geral do sindicato, Fátima Cardoso, no momento essa situação se trata de uma pauta “secundária”. “Agora o nosso principal objetivo é negociar com o governo as pautas reivindicadas com a greve da categoria. Não estamos debatendo esse assunto agora, uma vez que ele passa a ser secundário para nós. Depois nós veremos isso”, afirmou Fátima. “Se vão ficar três ou nenhum servidor no Sinte, vamos analisar depois. O importante agora é negociar com a Secretaria esses problemas que fizeram a categoria parar”.
Betânia Ramalho acredita que tal discurso do sindicato foi em função do recurso negado pelo Tribunal de Justiça. “Ontem o Pleno do TJ negou por unanimidade essa cessão irregular dos servidores. Não sei avaliar judicialmente se ainda cabe algum recurso por eles, mas acredito que não. Creio que eles não irão mais recorrer sobre esse caso”, defendeu a secretária de Educação.
“É preciso observar, que o afastamento de número aparentemente excessivo de servidores vinculados à Secretaria de Educação, ainda que para o legítimo exercício da atividade sindical, pode entrar em conflito com os próprios valores e interesses arduamente defendidos pelo Sindicato, diante de todas as carências notoriamente enfrentadas pela Educação Pública do nosso Estado”, frisou a desembargadora Judite Nunes, relatora do processo, ao indeferir o pedido.
Segundo a Lei Complementar Estadual Nº 122/94, “somente podem ser licenciados os servidores eleitos para cargos de direção ou representação nas referidas entidades sindicais, até o máximo de 03 (três) por entidade”; e que “a licença tem duração igual à do mandato, podendo ser prorrogada, no caso de reeleição, e por uma única vez”.
No último mês de julho, após prazo recomendado pelo Ministério Público, os dirigentes sindicais cedidos deixaram de se apresentar à Secretaria e tiveram suas faltas descontadas no salário. Além disso, segundo a Seec, estão sendo abertos processos administrativos contra eles por abandono de cargo.
Sobre a greve dos professores, a secretária Betânia afirmou que as negociações com o sindicato vêm acontecendo há algum tempo. “Nós estamos resolvendo alguns pontos levantados por eles aos poucos. As escolas estão passando por melhorias, estamos reorganizando o quadro dos professores para cumprir com a hora atividade e discutindo outras ações”, afirmou a Secretária.
“Ontem mesmo o nosso chefe de gabinete se reuniu com um interlocutor do Sinte, mas é preciso compreender que tudo o que eles querem não pode ser concedido da noite para o dia. A recomendação do governo Rosalba é de sempre negociar. Quanto à paralisação das aulas, não enxergamos muitos prejuízos, uma vez que a adesão das escolas foi pouca”, afirmou Betânia Ramalho.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

MEC quer criar Programa Mais Professores

O Ministério da Educação (MEC) quer levar professores a escolas onde faltam docentes em ação semelhante ao Mais Médicos. O Mais Professores faz parte do Compromisso Nacional pelo Ensino Médio, apresentado hoje (21) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, na Câmara dos Deputados. A criação do programa já havia sido comentada antes pelo ministro, mas é a primeira vez que é apresentado em detalhes.
Segundo Mercadante, o compromisso ainda está em fase de desenvolvimento e depende do Orçamento disponível. Entre as ações do programa, está a proposta de levar professores a escolas de municípios com índices de desenvolvimento humano baixos ou muito baixos e que tenham um baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) - índice calculado a partir do fluxo escolar e o desempenhos dos estudantes em avaliações nacionais.
A intenção é que, mediante o pagamento de uma bolsa, professores se disponham a reforçar o quadro dessas escolas. Para as escolas com baixo rendimento, a pasta quer atrair bons professores para melhorar o ambiente acadêmico. Caso não haja professores disponíveis na rede, o MEC cogita a participação de professores aposentados que queiram voltar às salas de aula.
Segundo Mercadante, as áreas com as maiores carências de professores são matemática, física, química e inglês. O ministro diz que as disciplinas representam cerca de 3% das matrículas de ensino superior, índice que tem se mantido constante. O Mais Professores, esclarece o ministro, ainda é uma proposta em aberto.
Além de atrair professores para áreas carentes, o compromisso propõe o aperfeiçoamento da formação continuada dos docentes, com o desenvolvimento de material didático específico e a criação da Universidade do Professor, uma rede que vai concentrar todas as iniciativas voltadas para a formação docente. Pretende-se que em um mesmo portal o professor possa acessar todos os cursos e programas disponíveis.
O compromisso prevê também um redesenho curricular do ensino médio, para que as disciplinas ensinadas tenham uma maior integração entre si. Para que o ensino seja melhorado, a pasta aposta na educação integral. Para 2013, segundo o ministro, está prevista a adesão de 5 mil escolas no ensino de dois turnos. No ano que vem, serão 10 mil centros de ensino.
Faz parte do compromisso a ação Quero ser Professor, Quero ser Cientista, com a oferta de 100 mil bolsas de estudo para jovens que queiram ingressar na área de exatas. Além disso, o ministério desenvolveu, em conjunto com pesquisadores, um kit para estimular o interesse pelas ciências. "Vamos distribuir os kits de ciências para alunos de toda a rede. Ele vai poder manipular, usar. É inspirado em alguns brinquedos, mas mais sofisticado e barato", explicou Mercadante.
Mercadante diz que o ensino médio é uma fase que precisa de atenção. "Andamos muito nos anos iniciais [do ensino fundamental], melhoramos nos anos finais e simplesmente atingimos a meta [do Ideb] no ensino médio. O que é pouco. Ainda precisamos de um salto de qualidade", disse.
Em 2012, 8.376.852 alunos estavam matriculados regularmente e 1.345.864 cursavam o ensino médio pelo Educação de Jovens e Adultos (EJA), de acordo com o Censo Escolar. A maioria das matrículas do ensino médio está na rede estadual de ensino (84,9%). As escolas privadas ficam com 12,7% das matrículas, as escolas federais com 1,5% e as municipais com 0,9%.
A defasagem idade-série ainda é alta, segundo o MEC, em 2012, dos estudantes matriculados no período, 31,1% têm idade acima do esperado para a série que cursam.

Governo Federal cede e aceita negociar mudanças no fator previdenciário

O governo cedeu nesta quarta-feira (21) e vai negociar mudanças no fator previdenciário com as centrais sindicais. Embora continue dizendo que o fim total do fator é pauta impossível, é o primeiro indicativo de retomada das conversas.
O fim do fator é uma das principais pautas das centrais sindicais e foi um dos pretextos para uma série de mobilizações pelo país no mês passado, a reboque das manifestações. O índice reduz o benefício de quem se aposenta com menos idade e sua extinção significaria prejuízo nas contas públicas.
"Não há da parte do governo nenhuma intenção no fim puro e simples do fator previdenciário. Isso causaria um impacto que não teria sustentabilidade. Portanto, acho que a disposição da mesa de negociação é de encontrar uma fórmula que permita implementar gradualmente, implementar de forma sustentável", disse a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais).
O ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) se reuniu nesta quarta-feira com representantes de entidades sindicais para discutir o tema. O presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, atribuiu o resultado da conversa à pressão das últimas manifestações.
"Qual vai ser o desfecho da negociação, não sabemos. Mas estávamos num problema gravíssimo, porque o fim do fator é uma das nossas principais reivindicações e não estávamos conseguindo que isso viesse para a pauta de negociação. Hoje se abriu uma negociação sobre o fator e com uma mesa específica para desencadear negociação em 60 dias", disse.
O fator previdenciário é regulado pela soma entre o tempo de contribuição e a idade para a aposentadoria. Um dos pontos principais de negociação deverá ser o que trata do fator 85/95 (mulher/homem). O fim do fator foi negociado ainda durante o governo Lula, mas acabou vetado em 2010 pelo ex-presidente e nunca mais debatido diretamente com o Palácio do Planalto.
 

Justiça nega pedido de ilegalidade da greve na Educação

O desembargador Saraiva Sobrinho, vice-presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, negou pedido de antecipação de tutela formulado pelo Estado do RN buscando a declaração da ilegalidade e abusividade do movimento grevista desencadeado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sinte/RN), além do pedido de multa diária em caso de descumprimento da decisão. A decisão foi confirmada hoje (21) pelo TJRN.
O magistrado entendeu que as alegações feitas pelo Estado não eram inequívocas, não atendendo portando aos requisitos para concessão da liminar. Entendeu ainda que “não se constata, a priori, falta de razoabilidade nas demais reivindicações, pois aparentemente se apresentam como anseios voltados à própria melhoria do ensino, com postura eminentemente social”.
De acordo com a decisão, o Estado alegou que a greve iniciada no dia 13 de agosto vem prejudicando todo o corpo de alunos da rede com a paralisação das aulas e que prejudica também o ano letivo de 2013, pois não foi garantido um percentual de servidores ativos para assegurar a permanência dos serviços prestados à comunidade.
 
leia mais em:http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/justica-nega-pedido-de-ilegalidade-da-greve-na-educacao/258977

terça-feira, 20 de agosto de 2013

No meu Nordeste, ANATOMIA do corpo humano é assim:


Venda de ingressos para Copa 2014 teve início hoje

A primeira fase de vendas dos ingressos para a Copa do Mundo de 2014 teve início às 7 horas da manhã desta terça-feira e vai até o dia 10 de outubro, pelo site da Fifa, www.fifa.com. Quem fez o acesso até 08 horas da manhã praticamente não teve dificuldade para conseguir finalizar o processo de inscrições para pleitear os ingressos. A partir deste horário, a página da entidade sequer conseguia validar o acesso para a área de compra dos bilhetes.
Segundo a Fifa, entretanto, o torcedor não precisará se preocupar em fazer o pedido dos seus ingressos logo nas primeiras horas. A entidade diz que todas as solicitações serão processadas juntas, não importando a ordem de chegada Caso o número de pedidos por jogo seja maior do que o número de ingressos disponíveis, será realizado um sorteio, e os contemplados com as entradas receberão uma confirmação entre os dias 11 de outubro e 4 de novembro.
Para solicitar o ingresso, o torcedor deverá fornecer seus dados pessoais e os de seus acompanhantes, escolher a partida que deseja assistir e a categoria da localização no estádio (de 1 a 4) ? não é possível escolher o assento, mas a Fifa garante que os pedidos processados juntos serão alocados lado a lado.Poderão adquirir ingressos de meia-entrada (50% de desconto) as pessoas com 60 anos de idade ou mais até a data da final da Copa do Mundo de 2014, estudantes e beneficiários do programa Bolsa-Família.
O desconto vale apenas para ingressos da categoria 4 – reservada somente para quem reside no Brasil. Somente idosos poderão adquirir ingressos de todas as categorias (1, 2, 3 e 4) com os 50% de desconto garantidos. A comprovação da meia-entrada será feita, segundo as orientações da Fifa, tanto na retirada dos ingressos como na entrada do estádio.
Cada torcedor poderá comprar, no máximo, quatro ingressos por partida do Mundial de 2014, sendo todos eles da mesma categoria. O solicitante também terá um limite de jogos para os quais poderá adquirir entradas na Copa ? no máximo, sete por comprador, não sendo permitida a aquisição de ingressos para duas partidas realizadas no mesmo dia.
Há ainda a opção dos pacotes por seleção ou por cidade-sede. No caso do pacote por seleção (TST), o torcedor poderá comprar ingressos para, no mínimo, três (todos os jogos da fase de grupos) e, no máximo, sete partidas (todos até a final). Se a seleção escolhida for eliminada nas oitavas de final e o ingresso cobrir mais do que quatro jogos, o bilhete passará a valer para as partidas que a equipe que venceu sua seleção disputar, e assim sucessivamente.
O torcedor também poderá adquirir o pacote por cidade-sede (VST), que inclui de quatro a seis jogos disputados em um único estádio. Neste caso, porém, ficam fora do pacote os jogos de abertura, de quartas-de-final, semifinal e final. Ainda para evitar a atuação de cambistas, a Fifa proíbe qualquer tipo de revenda de ingressos para o Mundial de 2014. A única forma de repassar entradas será pela própria plataforma de revenda oficial criada pela Fifa, que deve ser lançada no ano que vem. O torcedor poderá revender tanto uma parte como todo o seu pedido, exceto a entrada do comprador principal.
Retirada
A partir de abril do ano que vem, a Fifa disponibilizará centros de retiradas dos ingressos para o Mundial nas 12 cidades-sede. Além disso, a Fifa também dará a opção da entrega em domicílio, pelo correio. Nesse caso, o torcedor deverá solicitar no ato da compra a opção de receber seus ingressos em casa, com o acréscimo de uma taxa de frete – que varia de acordo com o endereço do comprador.
Após o primeiro prazo, as vendas serão reabertas no site da Fifa entre 5 e 28 de novembro, desta vez por ordem de solicitação. Nesse caso, o interessado será informado imediatamente se seu pedido foi ou não processado. Depois disso, uma nova fase de vendas será aberta de 8 de dezembro a 30 de janeiro, também por sorteio, quando todos os confrontos da primeira fase do Mundial já estarão definidos. Entre 31 de janeiro e 25 de fevereiro, a Fifa enviará um e-mail aos solicitantes confirmando ou não a compra.
Entre 26 de fevereiro e 1º de abril, uma nova venda por ordem de chegada acontecerá pelo site da entidade. Depois disso, restará a venda chamada de “última hora”, que vai de 15 de abril até 13 de julho, por meio do próprio site da Fifa ou nos Centros de Venda de Ingressos oficiais, que serão divulgados posteriormente.

 
 
 

sábado, 17 de agosto de 2013

Confesso que não esperava resposta tão rápida...

Divisão do PT pode prejudicar projeto político de Fátima Bezerra

Data: 17 agosto 2013 - Hora: 17:05 - Por: Joaquim Pinheiro

O PT está dividido na disputa pelo Diretório Estadual do Partido e a deputada Fátima Bezerra sofrendo um processo de isolamento que pode resultar na derrota do seu candidato, segundo informa uma fonte petista que prefere não se identificar. O motivo do isolamento imposto à deputada não é de agora. Consta nos meios petistas que é resultado do comportamento adotado por Fátima Bezerra de distanciamento e falta de diálogo dela com os liderados e integrantes do PT, inclusive, detentores de mandato. “Fátima não conversa com ninguém”, disse um petista, prevendo que a deputada será mesmo derrotada no processo sucessório do partido.
A insatisfação dos petistas com Fátima Bezerra começou a partir do momento em que ela mantém uma postura de isolamento dos demais integrantes do PT (com ou sem mandato) e para piorar mais ainda a situação, decidiu apoiar o nome de um assessor seu – Olavo Ataíde – para presidência do Diretório Estadual. Outra ala do partido, formada pelo deputado Fernando Mineiro e pelos vereadores, Hugo Manso e Fernando Lucena, decidiram radicalizar contra a deputada e decidiram apoiar a reeleição do atual presidente, Eraldo Paiva.
CANDIDATURA AO SENADO
Diante do posicionamento de distância da deputada Fátima Bezerra, dos demais líderes partidários e da falta de diálogo existente atualmente dentro do partido, outra fonte do PT afirmou que está difícil a união de todos os petistas no apoio do nome da deputada Fátima Bezerra para o Senado nas eleições do próximo ano. “Fátima tem que voltar a dialogar com o partido para viabilizar sua candidatura. Da forma como ela está agindo, será derrotada na disputa do Diretório Estadual e terá muitas dificuldades para viabilizar seu nome para o Senado dentro do próprio partido”, disse outra fonte.
SITUAÇÃO EM BRASÍLIA
De Brasília vem a informação que a deputado Fátima Bezerra está tendo dificuldades para viabilizar seu ao Senado diante da indefinição do quadro político nacional, particularmente, a perda de prestígio da presidenta Dilma Rousseff e a diminuição nos índices de aprovação nas pesquisas de opinião pública. Isso significa dizer que a reeleição de Dilma Rousseff está ameaçada e em razão disso, as candidaturas majoritárias do partido nos Estado estariam sendo revistas. Fala-se, inclusive, que a petista norte-rio-grandense não estaria sendo recebida por líderes nacionais do seu partido para discutir a possibilidade dela ser candidata à senadora pelo Rio Grande do Norte.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

sociedade que não valoriza o(a) professor(a) é igual folha seca ao vento


Servidores em greve unificam mais um ato em protesto contra o governo Rosalba

Mais uma vez as pautas de greve se unificaram em Natal. Saúde e Educação Estadual, Sindicato dos Bancários e membros da Revolta do Busão interromperam o trânsito na manhã de hoje para reivindicar os direitos de cada categoria. Ocupando faixas das avenidas Hermes da Fonseca e Salgado Filho, a mobilização seguiu em direção ao Centro Administrativo, comandada por uma figura já apresentada a população em outros manifestos: “Roubalda”, boneco alusivo à gestão e pessoa da governadora Rosalba Ciarlini.
Os servidores da Saúde, paralisados desde o dia 1° de agosto, questionavam a falta de investimento nas unidades de saúde regionais, bem como direitos de implantação de uma tabela salarial e convocação de mais profissionais. A coordenadora geral do Sindsaúde, Simone Dutra, questionou as últimas colocações do secretário de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, alegando que ele “está indo à imprensa para mentir”. “Não há mais negociação. A Secretaria se fechou e não se dispõe a negociar conosco. A única coisa que tinha sido acertada é a criação de uma comissão paritária dos trabalhadores, mas nem isso chegou a ser publicado. A primeira reunião com essa comissão seria ontem, mas não aconteceu”, disse Simone.
“O secretário está indo à imprensa para mentir. Nada do que foi discutido em nossa pauta chegou a ser concretizado. Tivemos apenas três reuniões antes da greve e nada mais. Ele disse que as questões econômicas não podem ser arbitradas pela Secretaria de Saúde, mas sim com a Administração”, declarou a coordenadora. “Na última assembleia realizada, decidimos que iríamos priorizar cinco pontos para negociar o fim da greve e, desses pontos, nada foi atendido”.
A nova pauta consta do pagamento de uma tabela que o Dieese elaborou, preservando o Plano de Cargos, Carreiras e Salários de 2006; convocação de profissionais para suprir a demanda, especificando quando e quantos profissionais serão destinados para cada unidade; pagamento das gratificações de aposentados; funcionamento da comissão paritária e elaboração de uma folha de pagamento extra para repor os descontos indevidos e incorporação dos 25% da GAE e da Jornada Especial.
“O secretário só vai à imprensa para mentir a opinião pública. Nós continuamos sem a negociação da pauta e com as péssimas condições de trabalho. Esse governo não garante nem os insumos básicos para a população não morrer”, afirmou Simone Dutra.

http://jornaldehoje.com.br/servidores-em-greve-unificam-mais-um-ato-em-protesto-contra-o-governo-rosalba/

domingo, 4 de agosto de 2013

Não há como deixar de se sensibilizar

É inimaginável o estado em que se encontra a Casa do Estudante (para Homens) em Natal. Por que essa situação se repete? Por que as prefeituras, o estado, as empresas e outros tantos não ajudam? Por que um estudante pobre tem que se sujeitar a isso? Esse quase eterno descaso com os jovens que ali residem não é de hoje e todos da política sabem disso. Mas num país onde preso vale mais que um estudante ou um cidadão do bem....o que podemos esperar!? VERGONHA ISSO! Não há como não ficar sensibilizado. País que trata seus estudantes assim nunca deixará de ser EMERGENTE. Que o grito retumbante dos (ou desses) estudantes seja ouvido pela sociedade!
Por Professor Renier Luiz
 

 

contrasenso no governo do RN

Em meio à crise, Emprotur manda pagar 60 mil reais

Na mesma edição deste sábado (3) do Diário Oficial do Estado em que sai publicado o decreto da governadora Rosalba Ciarlini com severas medidas de contenção de despesas, um ato do presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Sandro Pacheco, manda pagar R$ 60 mil aos organizadores do Santa Cruz Moto Fest 2013, o Encontro Nacional dos Motociclistas, que acontece desde a última quinta-feira e termina neste domingo (04).
O dinheiro, oriundo da conta 100, que são recursos ordinários do governo, repousa sobre a rubrica “Transferência a Instituições privadas sem Fins Lucrativos”. Os restantes R$ 6 mil que totalizam o pedido de patrocínio são a contrapartida dos organizadores do evento.
No cartaz de propaganda do encontro que acontece em frente à Igreja Matriz de Santa Cruz, os organizadores aparecem apenas com vagos apelidos ou primeiros nomes acompanhados dos respectivos números de celulares para contato. São eles: Doutor, Baiano e Miguel Filho.
Ouvido hoje por telefone pelo JH, Doutor, primeiro nome Raimundo, explicou que é o segundo ano que o Estado aparece como principal patrocinador do evento que se gaba por ser o quarto melhor do país. E que nasceu do apoio do deputado da terra Luiz Antônio Faria, mais conhecido como Tomba, do PSB, que é autor de leis da Assembléia em favor dos motociclistas.
De fato, Tomba assina a autoria de pelo menos duas leis a favor da classe: a 9.533, de 29 de agosto de 2011, que institui o dia 27 de julho como o Dia Estadual do Motociclista e a 9.548, de outubro do mesmo ano, que reconhece a utilidade pública da Associação Motociclista Clube do Cross, em Igapó, Natal.
Hoje, o presidente da Emprotur, Sandro Pacheco, por telefone, justificou a manutenção do patrocínio ao fato dele já ter sido empenhado e pela importância do evento que atrai turistas para o Estado. Este também foi o argumento de Doutor, um dos organizadores, ao alegar a presença de motociclistas de todo o país.
O ato autorizando o pagamento acontece no momento em a Secretaria da Agricultura, por exemplo, limita todos os seus patrocínios à Festa do Boi, cortando os demais eventos do calendário em R$ 300 mil para 2013. Assim, dos R$ 980 mil previstos para feiras e eventos agropecuários para este ano, apenas R$ 608 mil serão usados – uma economia de 37% em relação ao ano passado.
Às 11h20m deste sábado, respondendo a uma consulta feita pelo JH no começo da manhã, o secretário de Comunicação do Governo, jornalista Edilson Braga, disse que o patrocínio do evento em Santa Cruz faz parte de emenda parlamentar do deputado Tomba e, por isso mesmo, o Estado terá de depositar o pagamento.
Coincidentemente, no Diário Oficial do Estado deste sábado (3), o Governo do Estado estabelece medidas de contenção de despesas públicas tanto no âmbito da Administração Pública Direta como Indireta. E oficializa cortes de gastos já anunciadas pela governadora Rosalba Ciarlini e definidas em reuniões com o secretariado, avisando que outras medidas de contenção e/ou disciplinamento de despesas serão publicadas nos próximos dias.
Este ano, a segunda edição do Encontro Nacional de Motociclistas de Santa Cruz promete várias atividades, com entrada gratuita para várias atrações, como apresentação de bandas de rock, recepção aos motociclistas, globo da morte, show welling, entrega de troféus, café da manhã e churrasco gratuitos na praça de expositores, praça de alimentação e no camping coberto com chuveiro quente.
O decreto da governadora prevê, entre outras coisas, a suspensão por tempo indeterminado da concessão de vantagem, aumento, reajuste, adequação de remuneração a qualquer título e licenças, salvo em caso de sentença judicial, determinação legal ou contratual; o provimento de cargo público efetivo, salvo em casos de aposentadoria ou falecimento de servidores nas áreas de Educação, Saúde e Segurança; a tramitação de processos administrativos que versem sobre a criação de cargo, emprego ou função, alteração de estrutura de carreira que implique aumento de despesa e a criação de vantagem, reajuste ou adequação de remuneração, a qualquer título. Também suspendeu 60 dias a expedição de férias por parte dos Titulares dos órgãos.

Governadora Rosalba corta 50% das despesas com telefone e internet e vai rever contratos

No decreto, Rosalba suspendeu concessão de vantagem, aumento, reajuste e adequação de remuneração. Foto: DivulgaçãoA governadora Rosalba Ciarlini (DEM) publicou decreto na edição deste sábado do Diário Oficial do Estado (DOE), em que estabelece medidas de contenção de despesas públicas no âmbito da Administração Pública Direta e Indireta Estadual. Entre as medidas adotadas pela administração estadual estão: revisão dos contratos de locação de carros e mão de obra; diminuição de 50% dos gastos com telefone e internet; corte nas despesas com viagens, com combustíveis, e proibição de novas despesas com pessoal.
O Conselho de Desenvolvimento do Estado (CDE) analisará os casos excepcionais passíveis de empenho. Os secretários estaduais, presidentes e diretores de empresas públicas, autarquias, ou sociedades, submeterão ao CDE, no prazo de quinze dias, o plano de aplicação, para o segundo semestre, dos recursos diretamente arrecadados.
 
 
 

Papa ganha Lamborghini e decide leiloá-lo

O Papa Francisco foi presenteado nesta quarta-feira com um modelo especial da marca de automóveis de luxo Lamborghini, de cor branca, que ...