quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

A presidenta Dilma Rousseff anunciou na tarde de hoje (30) a troca de três ministros de sua equipe. A Casa Civil, até agora chefiada por Gleisi Hoffmann, será ocupada pelo atual ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Para o lugar de Mercadante, vai o secretário executivo da Educação, José Henrique Paim Fernandes. Já o Ministério da Saúde será ocupado por Arthur Chioro, atual secretário de Saúde de São Bernardo do Campo (SP). Chioro substituirá o ministro Alexandre Padilha. De acordo com o Blog do Planalto, a posse dos novos ministros será na próxima segunda-feira, às 11h.
As mudanças são motivadas pela intenção dos titulares de disputarem as eleições e, por isso, precisam se desincompatibilizar para participar do pleito. Na mesma situação, Dilma também pode ter que fazer novas trocas em mais sete pastas: Agricultura (Antônio Andrade), Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Fernando Pimentel), Secretaria de Direitos Humanos (Maria do Rosário), Desenvolvimento Agrário (Pepe Vargas), Cidades( Aguinaldo Ribeiro), Turismo (Gastão Vieira) e Pesca (Marcelo Crivella).
 http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/dilma-anuncia-troca-de-tres-ministros/273145

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Trabalhadores em educação da rede estadual entram em greve por tempo indeterminado

Os trabalhadores da rede estadual deflagraram greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia geral da categoria realizada na manhã desta terça-feira (28). O motivo para a paralisação é o descumprimento por parte do governo dos acordos firmados em 2013.
“Não há mais espaço para promessas”, declarou a coordenadora geral Fátima Cardoso. “Corremos muito atrás, buscamos sempre o diálogo, mas só recebemos promessas e com o tempo vimos que não passava disso”, lembrou.
A greve foi deflagrada no primeiro dia do ano letivo de 2014 porque no ano passado, após outra paralisação, o governo firmou um acordo com a categoria e não cumpriu. Em agosto, reeditou o combinado, mas até agora nada foi cumprido.
A SEEC foi notificada diversas vezes pelo Sindicato, mas somente nesta segunda-feira (27), na iminência da deflagração da greve, chamou a direção para uma audiência. A secretária Betânia Ramalho não compareceu e enviou o secretário adjunto para uma conversa que não avançou nas reivindicações. O governo se comprometeu apenas a pagar o terço de férias no próximo pagamento e a reajustar o piso salarial em fevereiro com retroativo a janeiro, o que é uma obrigação do estado prevista em lei.
Enquanto a propaganda oficial do governo mostra que está tudo certo, as escolas da rede estadual continuam sucateadas e se deteriorando, o número de professores é insuficiente para a demanda, falta suporte pedagógico e os profissionais estão insatisfeitos com as péssimas condições de trabalho e com o descaso. Mesmo diante do clamor de pais e estudantes diversas escolas foram fechadas nos últimos anos.
Após várias tentativas, só restou à categoria deflagrar a greve. O SINTE/RN convocou a categoria para cruzar os braços e exigir respeito. Na assembleia foi definido ainda um cronograma de atividades que serão desenvolvidas durante a greve.
Pauta de reivindicações
 •Revisão do Plano de Carreira do Magistério
•Pagamento de uma Letra para os professores
•Redimensionamento do porte das escolas e gratificação dos diretores
•Modificação da portaria 731/2003
•Permanência da Letra quando da Promoção Vertical
•Mecanismo de Concessão de Licenças-prêmios
•Ajuste do déficit na correção salarial de 2013
•Complementação na base salarial dos funcionários da educação
•Convocação dos concursados



 http://www.sintern.org.br/noticias/visualizar/2669

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Governo anuncia reajuste de 8,32% no salário dos professores

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou, em nota, no final da tarde desta sexta-feira (24), reajuste, progressão e pagamento de férias aos professores estaduais. Segundo o Governo, o reajuste será de 8,32% para professores ativos e inativos da educação.
A governadora Rosalba Ciarlini também garantiu a adição de uma letra (progressão horizontal) a partir de março a todos os professores e especialistas, bem como autorizou o pagamento do terço de férias a todos os servidores do quadro da Secretaria da Educação e adiantou que encaminhará para a Consultoria o projeto de lei que altera o porte das escolas da rede estadual. O governo informou que os projetos serão encaminhados à Assembleia Legislativa quando o ano legislativo for iniciado.
Rosalba Ciarlini durante o despacho administrativo com a secretária Betânia RamalhoRosalba Ciarlini durante o despacho administrativo com a secretária Betânia Ramalho

O aumento será pago "em fevereiro retroativo a janeiro e obedece ao Piso Nacional com percentual definido pelo Ministério da Educação. Um professor em início de carreira receberá R$ 1.780 contra R$ 930 antes da gestão da Governadora."
Os professores do  estado irão realizar uma Assembleia Geral na próxima terça-feira (28) - início do ano letivo - para decidir sobre a deflagração da greve. Fátima informou que os professores irão aguardar, em greve, a implementação do acordo.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Hoje, 24/01, um dia especial para mim


Há 50 anos nasci. Hoje (24/01) completo 50 anos. Agradeço a Deus por isso. Viver é uma dádiva divina, assim sou grato. Foram muitas experiências, umas boas, outras ruins. Ambas me fizeram perceber que a vida é um eterno aprendizado...cada momento uma nova lição...uma nova página escrita no livro chamado  VIDA. Somos eternos aprendizes aos olhos do pai eterno. Continuo minha caminhada sempre tendo em mente que Não posso calar minha voz enquanto observo injustiças ou se tenho a oportunidade de contribuir, mesmo que minimamente, para que o mundo seja melhor. Somente vivemos plenamente, quando nos propomos incondicionalmente a fazer o bem. Um grande abraço a todos e todas. Sou cinquentão....oba!...rsrsrsrs

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Manifestantes hostilizam políticos em entrada da Arena das Dunas

Movimentos sindicais aguardam início da inauguração oficial da Arena das Dunas
A manifestação realizada no entorno da Arena das Dunas antes da inauguração do estádio continua na tarde desta quarta-feira (22). Há pouco mais de uma hora, os portões foram abertos para os convidados, entre eles, autoridades políticas do Rio Grande do Norte e municípios. O clima foi de hostilidade.
 Gritando palavras de ordem e fazendo reivindicações referentes às suas funções, os manifestantes chegaram a xingar políticos e secretários que entravam na Arena das Dunas. Um deles, o secretário de Saúde do Estado, Luiz Roberto Fonseca, precisou levar o carro por outro trecho devido à hostilização de membros do grupo. 
Vias 
A BR-101 no sentido Parnamirim está bloqueada. Os manifestantes estão na via e membros da Polícia Rodoviária Federal iniciaram o bloqueio pouco antes do viaduto Quarto Centenário, desviando o tráfego pelas vias adjacentes. Até o momento, não houve incidentes graves.
 http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/manifestantes-hostilizam-politicos-em-entrada-da-arena-das-dunas/272447

Dilma inaugura Arena das Dunas

undefined

Manifestantes realizam protesto próximo ao Estádio Arena das Duna

"Se meu filho ficar doente levo para onde? Para a Arena das Dunas? Se precisar de escola ou fazer um B.O. levo para a Arena das Dunas?"

Manifestantes rumam em protesto pacífico para a Arena das Dunas, em Natal. Foto:Divulgação
Manifestantes rumam em protesto pacífico para a Arena das Dunas, em Natal. Foto:Divulgação
Cerca de cem manifestantes ligados a sindicatos e movimentos sociais interditam uma pista da avenida Salgado Filho, próximo à Arena das Dunas, na zona sul de Natal.
Eles protestam contra a governadora do RN, Rosalba Ciarlini (DEM), a presidente Dilma Rousseff e os gastos dos governos estadual e federal com a Copa do Mundo.
Em caminhonetes, os manifestantes carregam bonecos gigantes representando a presidente e a governadora. Levam ainda um caixão e cruzes, que simbolizam a falta de investimento no setor público.
“Fomos às ruas no ano passado e até agora nada aconteceu. Queremos o funcionamento dos serviços”, diz Rosália Fernandes, coordenadora do SindSaúde do Rio Grande do Norte. “O governo alega que não há recursos, mas investiu milhões na Copa. Queremos escolas e hospitais padrão Fifa.”
Para o presidente do sindicato dos policiais federais no Rio Grande do Norte, José Antonio Aquino, a Polícia Federal está deixando de investigar eventuais crimes que envolvam as contas da Copa do Mundo por falta de reconhecimento e recursos.
Marcos Martins, que também estava na passeata e se denominou um ativista social solitário, protestava: “Se meu filho ficar doente levo para onde? Para a Arena das Dunas? Se precisar de escola ou fazer um B.O. levo para a Arena das Dunas?”
Os manifestantes fizeram a concentração em frente ao shopping Midway e seguem agora em direção ao estádio, que será inaugurado no final desta tarde pela presidente Dilma Rousseff.
A PM acompanha de longe a manifestação, mas até as 16h não havia registrado nenhuma ocorrência.

domingo, 19 de janeiro de 2014

Congresso Nacional CNTE...último dia

Dia 19 de janeiro...último dia do Congresso Nacional CNTE em Brasília.Foto da delegação do SINTERN. Minha presença em plenária com companheiros e sozinho usando smarttv. 

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

APROVAÇÃO UFERSA....QUEM DISSE QUE ERA IMPOSSÍVEL?!

UMA GRANDE CONQUISTA
AGRADEÇO A DEUS POR MAIS UMA CONQUISTA EM MINHA VIDA: APROVAÇÃO  PARA CURSAR COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA NA UFERSA ...E AGUARDANDO A POSSIBILIDADE DE CURSAR DIREITO NA UFRN. 
UFERSA - UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO
CAMPUS ANGICOS (Angicos, RN)
COMPUTAÇÃO E INFORMÁTICA
Grau Licenciatura | Turno Noturno
Nome do Candidato Inscrição do Enem
ALDERI FERREIRA JUNIOR 131058259771
ANA LARISSA FERNANDES GONDIM 131006793963
ANA PAULA MEDEIROS COSTA 131063113747
ANDREZA DOS SANTOS SILVA 131021580304
ANDSON SOARES DA COSTA 131035208861
BARBARA BRENDA DE ARAUJO FARIA 131021365411
CARLOS ANDRE DE SOUZA 131002903799
CAROLINA SIBILLE FRANCO 131028776301
DANYEL ALESSANDRO MARQUES FERREIRA DE OLIVEIRA 131031059208
EMMANUEL SOARES VIEIRA 131051519832
FELIPE ANDRE CHAGAS GOMES 131010105545
FRANCISCA LUCIANA BEVENUTO GONZAGA 131026437780
FRANCISCO ZUDIMAR MAIA JUNIOR 131009636079
GABRIEL RAMON DE BRITO SILVA 131027390931
GEOVANNE BILLE BARBOSA DOS SANTOS 131074625035
HENRIQUE EDUARDO ALVES 131006890349
JHIRARH CAVALCANTE SANTOS 131019074251
JOAO ALISON DA SILVA BEZERRA 131010670889
JOAO PAULO MYRRIA RAGE STINGHEN 131039507277
JOAO PEDRO DE MORAIS FIGUEIREDO 131032955509
JOAO RODRIGUES DA SILVA BISNETO 131002157094
JOAO VICTOR RODRIGUES DE SOUZA 131080135109
JONEIDE GOMES BEZERRA 131080303001
JOSE EDSON RODRIGUES DA SILVA 131080010519
JOSE ORLANDO DE LIMA SOUZA 131026568604
KAYONARIA KARDENIA ALVES DA COSTA GOMES 131017323599
LEILA MARIA MARTINS RAMALHO 131067998883
LUCAS BEZERRA DE FARIAS 131011194436
LUIZ HENRIQUE OLIVEIRA DE SOUZA 131040579103
MARCELLA LETHYCIA MEDEIROS BRAGA 131060151231
MARIA ANNA CASSIANO FERNANDES DA SILVA 131040732157
MARIA CONCEBIDA TAVARES 131052635461
MARIANA DANIEL FLORENTINO 131020985211
MARIANA PEREIRA DE SOUZA DA SILVA 131030389808
MARINA IRMA PINHEIRO DE SOUZA 131051680803
MATHEUS RESENDE SANTANA DAS CHAGAS 131009248231
MERCIO BEZERRA DA SILVA 131046818479
PAULO ROBERTO DE ALBUQUERQUE MAGALHAES 131009411107
RAILTON MACEDO DA CUNHA 131000107090
RAYSSA RODRIGUES DE ARAUJO 131000227494
RENIER LUIZ MARTINS MENDES 131079135559
RODRIGO FREIRE DALCIN 131033813970
SANDRA ELIZABETE CARLOS RIBEIRO 131046409358
SARITA BARRETO 131043103703
SERGIO GIORDANNO AZEVEDO DE LUNA 131033330979
SOCORRO TAYNARA ARAUJO CARVALHO 131017337182
SUSIARA DOS SANTOS LIMA 131053018725
THALES SILVA DE OLIVEIRA 131012490161
THIAGO GABRIEL MAIA 131003056381
VALDEFERSON BENJAMIM MAIA DE MELO BRITO 131076343916

domingo, 12 de janeiro de 2014

PASSANDO DIRETO

Vestibular precoce

Eis uma situação longe de ser incomum: bom aluno, o adolescente passa no vestibular antes de terminar o ensino médio e seus pais vão à Justiça para conseguir o direito de ingresso na faculdade.
vestibularUm projeto de lei estacionado na Comissão de Educação e Cultura da Câmara acaba com o problema. O texto autoriza alunos aprovados em universidades públicas a se matricularem sem a necessidade de apresentar o certificado de conclusão escolar.
As únicas exigências são: o estudante ter mais de 16 anos e estar aprovado no segundo ano do ensino médio.
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/congresso/o-projeto-de-lei-que-quer
permitir-o-acesso-de-adolescentes-a-universidade-antes-da-conclusao-do-ensino-medio/

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

artigo transcrito de O VERMELHO

George Câmara: “Foi o Zé"?

a outra história do mensalão paulo moreira leiteRecentemente, terminei a leitura do livro “A OUTRA HISTÓRIA DO MENSALÃO – As contradições de um julgamento político”, da Geração Editorial, Rio de Janeiro, 2013, de autoria do jornalista Paulo Moreira Leite. Ele reúne 37 textos publicados em seu blog no período de 29/05/12 a 18/12/12 a respeito da Ação Penal 470, sob julgamento no STF.

Capa do livro " A outra História do Mensalão" do jornalista Paulo Moreira Leite

Jornalista dos mais respeitados e com vasta experiência, o autor foi diretor da revista Época e redator-chefe da Veja. Com maestria e consciência crítica, Paulo Moreira Leite aborda as principais contradições de um processo que, segundo o colunista Janio de Freitas, no prefácio, “antes de ser a Ação Penal 470, o chamado ‘mensalão’ já estava sob uma ação penal. Executada na imprensa, na TV, nas revistas e no rádio. Uma ação que mal começara e já chegava à condenação de determinados réus. O que houve nos meios de comunicação foi o desprezo excessivo pela isenção”.
Em entrevista publicada no jornal Folha de São Paulo em 11/11/12, o próprio jurista alemão Claus Roxin, um dos criadores da “teoria do domínio do fato”, reconhece um mau uso dessa teoria quando se condena alguém apenas pela posição hierárquica, sem a prova de que tenha comandado o fato, emitido uma ordem.
O “não é possível que não soubesse”, ao invés de prova, foi na verdade um artifício usado pelo relator no STF para atender à suposta opinião pública, diga-se, opinião publicada. Mas também o mesmo jurista alemão, na entrevista já mencionada, vai além. Perguntado pelas jornalistas Cristina Grilo e Denise Menchen: “A opinião pública pede punições severas no mensalão. A pressão da opinião pública pode influenciar o juiz?” Responde: “O problema é que isso não corresponde ao direito. O juiz não tem que ficar do lado da opinião pública”.
Ao final da leitura lembrei-me de um texto do escritor pernambucano Nestor de Holanda, no seu livro de crônicas “Gente Engraçada”, publicado pelas Edições de Ouro, Rio de Janeiro, em 1962. O texto recebe o título de “Foi o Zé!”. Li-o aos 11 anos de idade, no primeiro ano do Ginásio Agrícola de Ceará-Mirim, em estudo dirigido de língua portuguesa, sob orientação do nosso Professor Cirilo, em 1971. Transcrevo integralmente:

Foi o Zé! 
Zé nasceu no Dia dos Mortos. Ainda no Todos os Santos, a mãe lhe sentiu as primeiras dores, mas ele esperou pelo Finados, para vir ao mundo. A família e os vizinhos queriam Maria; nasceu Zé. Pior ainda: ia ser Maria José e foi José Maria. Um tio desavisado levou-lhe uma boneca que dizia ‘mamãe’. Zé guardou a boneca por muito tempo. Era um conservador.

Quem começou a vida assim, devia ter sido muito pacato. Mas, não. Zé mostrou quem era, logo no Finados em que completou o primeiro aniversário. Puxou a toalha da mesa e atirou no chão todos os bolos confeccionados pelas tias, para a comemoração. Quando a mãe entrou na sala e perguntou quem fizera aquilo, o pai respondeu: - Foi o Zé!

Desde então, a frase ‘Foi o Zé!’ ficou pronunciada, anos e anos seguidos. Estendeu-se pela cidade e atravessou fronteiras. Quando morreu um canário de briga, não foi o gato: foi o Zé! Começou matando passarinhos. Aos oito anos, passou a matar pombos. Aos doze, já preferia galinhas. No Finados de seus quinze anos, foi quem derrubou o peru, com uma pedrada. Tudo o que aconteceu de mal, na pequena cidade, desde que o pai pronunciou a frase pela primeira vez, foi o Zé.

Na escola apelidaram o globo de ‘América’. Por mais que a professora explicasse que aquela bola representava o mundo, os meninos chamavam a bola de ‘América’. O globo estava sempre coberto com uma flanela amarela, bordada com linhas vermelhas. No dia em que a flanela desapareceu, a professora não notou. Mas, na aula, por acaso, fez, a um Pedrinho, a clássica pergunta:

- Quem descobriu a América? E o Pedrinho, delator contumaz, respondeu, sem vacilar: - Foi o Zé!

De outra feita, arranjou um pedaço de arame e resolveu, no recreio, brincar de vacinação. Furou o braço de todos os meninos, como se os estivesse vacinando, de verdade. E o resultado foi que a estória se repetiu: quando, na aula, a professora perguntou quem havia inventado a vacina, o mesmo Pedrinho fez nova delação: - Foi o Zé!

Casou – isto é: casaram-no. No Dia de Todos os Santos, nasceu Maria José, menina loura, meiga, acomodada. Mas, já então, o descobridor da América e inventor da vacina estava preso, em outra comarca, cumprindo pena pelo crime de homicídio premeditado. Porque aquele saudoso Pedrinho apareceu baleado. O coronel, meio surdo, que o encontrou já moribundo, quis saber como foi:

- Atiraram de tocaia? O agonizante confirmou: - Pois é! Disse isso e morreu. Com a língua enrolada, já nos estertores finais, seu ‘pois é’ saiu muito parecido com o ‘foi o Zé’. E a denúncia se fez...
 
Não sei se esta rápida tragédia serve para mostrar aos pais que, às vezes, eles são culpados de os filhos acabarem na cadeia. O criador de nosso herói, por exemplo, foi o criador (também) da frase que o perseguiu. E tanto mal causou que, neste momento, estou recebendo carta, na qual me informam que um condenado se suicidou, no Dia de Finados: - Foi o Zé!”

O episódio tratado na crônica deixa uma lição não apenas aos pais, mas também ao povo em geral. No julgamento da Ação Penal 470, o Supremo Tribunal Federal age como o coronel meio surdo que, diante do estado do acusador agonizante, utiliza provas fracas para aplicar penas robustas.
Ao julgar dessa forma, cedendo às pressões da mídia conservadora, troca o papel de guardião do Estado Democrático de Direito pela diminuta postura de submissão àquele que o jornalista Paulo Henrique Amorim chama de PIG – Partido da Imprensa Golpista.
Não é surpresa para uma Corte que envergonhou o Brasil na ditadura militar de 1964-1985. Apêndice dos generais, como na cassação do mandato do Deputado Federal Chico Pinto, em 1976, por discursar contra a visita do ditador Augusto Pinochet ao Brasil. Ou mesmo como subordinado ao Superior Tribunal Militar – STM. Qual foi a postura do STF em abril de 1964 no episódio (na farsa) da cassação do mandato do Presidente João Goulart? Durante o Estado Novo, o Supremo autorizou que a militante comunista Olga Benário, grávida, fosse enviada para a morte num campo de concentração nazista.
Ao parabenizar o jornalista autor da publicação pelo brilhante e corajoso trabalho e recomendar a leitura, quero destacar as palavras do cineasta Jorge Furtado a respeito do livro: “O bom jornalismo é o alimento da democracia, o mau jornalismo o seu veneno. Os textos de Paulo Moreira Leite sobre o julgamento sintetizam aquilo que o jornalismo tem de melhor: fidelidade aos fatos, capacidade de organizar e relacionar informações, coragem de raciocinar com a própria cabeça, enfrentando a manada. E talento, que não faz mal a ninguém. O futuro agradece.”
 
*George Câmara, petroleiro, advogado e vereador em Natal pelo PCdoB
Publicado no Vermelho em 07/01/14

sábado, 4 de janeiro de 2014

bom recesso!

A todos e todas, professores(as), colegas de profissão, desejo um feliz recesso e lembro Carlos Drummond que escreveu:
DESEJOS
Desejo a vocês...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.

MEC garante formação para professor do ensino médio

Um terço da jornada de trabalho do educador será para capacitação e aperfeiçoamento
O Ministério da Educação  agiliza formalização com a Secretaria Estadual de Educação e instituições públicas de ensino superior o Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio. Com o pacto, o ministério vai oferecer, neste ano letivo, formação continuada a 495,6 mil professores do ensino médio que trabalham em 20 mil escolas públicas no país todo. A expectativa é ter a adesão das 27 unidades da Federação, de 40 universidades e institutos federais. Agora em janeiro, todos os estados serão procurados para adesão ao Pacto.
Um terço da jornada de trabalho do educador será para capacitação e aperfeiçoamento

A realização do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio pelo governo federal é uma iniciativa de larga escala – atender quase 500 mil professores do ensino médio – que depende da adesão das secretarias estaduais de educação e de instituições públicas de ensino superior. A meta é oferecer formação de 200 horas por ano a esses educadores e também aos coordenadores pedagógicos das escolas.

De acordo com o secretário de educação básica do MEC, Romeu Caputo, o pacto é uma ação que está fortemente ligada à Lei do Piso Salarial dos Professores (Lei n° 11.738/2008), que destina um terço da jornada de trabalho do educador para sua capacitação e aperfeiçoamento. O Ministério da Educação, diz Caputo, oferece uma bolsa mensal aos educadores que aderirem ao pacto para que eles utilizem essas horas para estudar de forma individual e coletiva no espaço da escola.

O secretário de educação básica explica que os conteúdos, desenvolvidos por 15 universidades federais, devem ser inseridos nos tablets que foram enviados pelo MEC para as 26 secretarias de educação dos estados e ao Distrito Federal. Os conteúdos se dividem em duas partes: a primeira, que corresponde ao primeiro semestre de 2014, trata da formação comum a todos os professores, organizada em seis núcleos: sujeitos do ensino médio, ensino médio, currículo, organização e gestão do trabalho pedagógico, avaliação e áreas de conhecimento, integração curricular. No segundo semestre, serão abordados conteúdos das áreas do conhecimento: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática.

Outro ganho esperado com a realização do Pacto diz respeito às universidades. “É uma oportunidade das universidades públicas de encontrar os egressos formados em seus cursos de licenciatura e pedagogia e avaliar o desempenho deles nas escolas onde lecionam”, explica Romeu Caputo.

Bolsas
Todos os educadores – das instituições de ensino superior, das secretarias de educação e os professores cursistas – que fazem parte do pacto receberão bolsas mensais durante todo o período de formação. As bolsas, que serão pagas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), se dividem em sete tipos, conforme as atribuições dos educadores: R$ 2 mil para o coordenador-geral da instituição de ensino superior; R$ 1,4 mil para o coordenador-adjunto da instituição de ensino superior; R$ 1,2 mil para o supervisor; R$ 1,1 mil para o formador da instituição de ensino superior; R$ 1,1 mil para o professor formador regional do pacto nos estados e Distrito Federal; R$ 765 para o orientador de estudo; R$ 200 para o professor cursista e para o coordenador pedagógico.

Tarefas
Cabe à instituição de ensino superior que aderir ao pacto diversas atribuições, entre as quais, selecionar o coordenador geral, que deve ser professor efetivo da instituição, com experiência na área de formação continuada de profissionais da educação básica e possuir título de mestre ou doutor; o coordenador adjunto, que deve ser professor efetivo, ter experiência na área de formação de educadores do ensino básico, ser mestre ou doutor; professor formador, pertencente ao quadro da instituição, possuir experiência na educação básica, ser graduado em pedagogia ou licenciatura, possuir mestrado ou doutorado ou estar cursando pós-graduação em educação.
 fonte:http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/mec-garante-formacao-para-professor-do-ensino-medio/270870
 

educação

http://arquivos.tribunadonorte.com.br/fotos/135111.jpg

Fernando Mineiro ainda pode ser nome do PT para Governo do Estado

Demora na definição de nomes para Governo e aproximação entre PMDB e PSB podem fazer PT ir para a disputa 

Mineiro abriu mão da candidatura porque não teve apoio do Partido dos Trabalhadores. Foto: Divulgação
Ciro Marques
Repórter de Política
O Partido dos Trabalhadores (PT) já disse e repetiu: a candidatura da deputada federal Fátima Bezerra, ao Senado Federal, é o principal objetivo da sigla no RN em 2014. Contudo, é bem verdade que o plano de ir para as eleições com uma chupa “puro sangue”, composta por Fátima para o Senado e o deputado estadual Fernando Mineiro, para o Governo, ainda não está descartada. E, inclusive, ganhou força com a aproximação entre o PMDB de Henrique Alves e o PSB de Wilma de Faria.
Até porque, para quem não lembra, a candidatura de Mineiro para o Governo foi retirada oficialmente pelo próprio deputado diante da revelação, feita pela deputada Fátima, de que o partido havia fechado uma aliança com o PMDB, indicando o nome para o Senado e os peemedebistas, ao Governo. Contudo, de lá para cá, o nome da ex-governadora Wilma de Faria cresceu. Ela se mostrou viável nas pesquisas de intenção de voto realizadas e, consequentemente, acabou sendo procurada pelo PMDB. Algumas reuniões entre os dois partidos já ocorreram e uma chapa entre peemedebistas e pessebistas, no momento, para mais próxima.
Como, devido a uma recomendação nacional, o PT não deve fortalecer partidos da oposição nacional, no caso, o PSB de Eduardo Campos (adversário na reeleição de Dilma Rousseff), uma aliança unindo PT, PMDB e PSB é quase impossível. “Vamos tentar a participação na chapa majoritária sem nenhuma sede ao pote, ao momento que nos sabemos que ninguém vai coligar conosco se apresentarmos candidato a senador e a governador, temos que discutir com os partidos da base aliada do Governo Federal, do PC do B, PDT, PSD, PMDB. Lamentavelmente o PSB hoje tem um projeto nacional e o nosso projeto político hoje, fundamental, é a reeleição da presidente Dilma Rousseff”, afirmou o presidente municipal do PT, Fernando Siqueira, acrescentando, porém, que acha estranho que nenhum partido tenha apresentado nome para o Governo, sobretudo “diante do desastre administrativo da gestão Rosalba Ciarlini” e que, sendo o caso, o PT poderá ocupar esse espaço com Fernando Mineiro.
Ressalta-se a essa situação o fato do presidente reeleito do Diretório Estadual do PT, Eraldo Paiva, ser um defensor da candidatura própria do partido. “Vamos ouvir e dialogar à luz do entendimento do projeto nacional. A prioridade é a reeleição da companheira Dilma. Estou convicto de que o melhor para o partido seria uma projeto de esquerda ou centro esquerda, com uma candidatura do PT ao Governo. Mas isso não depende só de mim”, já afirmou Eraldo Paiva.
MINEIRO
É importante ressaltar que nem o próprio Mineiro, que já retirou o nome dele da disputa, está totalmente convicto de que não será candidato. “Eu retirei por uma questão obvia: eu não tenho apoio local e também não tenho apoio nacional, tendo em vista ser uma tática nacional reproduzir localmente as alianças com o PMDB e os partidos da base. Então, não vou repetir o que aconteceu comigo em Natal em 2012, que não tive o apoio do conjunto do partido. Se você não tem nenhum o apoio do partido, como é que você vai… Como fui incompetente para conseguir esse apoio, eu retirei meu nome”, afirmou Mineiro, acrescentando, porém, que ainda é um defensor da candidatura própria, assim como os presidentes estadual e municipal do partido.
“Não é porque eu retirei o meu nome que eu vou deixar de fazer a leitura que eu faço. Acho que a sociedade potiguar tem espaço para você fazer uma campanha que debata projetos, que vá no sentido de mudar esse quadro. os atores na política do estado, quem concorre e quem governa são os mesmos de 30 anos. Então, tem espaço muito grande para se buscar um espaço. Esse espaço, claro, não vai cair do céu. Tem que ter ousadia para ocupá-lo. Eu coloquei meu nome porque me dispunha para esse papel, mas não vou ficar sendo candidato de faz de conta. Me dizendo candidato e, nacionalmente, o partido conversando com a aliança do PMDB. Não tenho mais idade para isso”, analisou Mineiro.

fonte: http://jornaldehoje.com.br/mineiro-ainda-pode-ser-nome-pt-para-governo-estado/

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

curiosidade

O C-MAX Solar Energy será apresentado na semana que vem ao público. Foto: DivulgaçãoFord mostra carro movido a energia solar e autonomia de quase 1 mil km

O modelo é equipado com um painel solar no teto, que se inclina automaticamente buscando de onde vem a luz de acordo com a hora do dia


A Ford mostrou pela primeira vez nesta quinta-feira e divulgou as primeiras imagens de um carro conceito movido a energia solar. O modelo é equipado com um painel solar no teto, que se inclina automaticamente buscando de onde vem a luz de acordo com a hora do dia, e quando com suas baterias totalmente carregadas tem autonomia para rodar até cerca de 990 km. A ideia é tão inovadora para a indústria automotiva que a fabricante decidiu apresentar o carro ao público não em um salão de automóveis, mas em uma feira de tecnologia, a CES, que ocorre em Las Vegas (EUA) na semana que vem.
O modelo conceito é o C-MAX, que já é fabricado pela Ford para ser abastecido com energia elétrica.

fonte:http://jornaldehoje.com.br/ford-mostra-carro-movido-energia-solar-e-autonomia-de-quase-1-mil-km/

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Colonização de Marte tem mais de mil candidatos

Mais de mil pessoas foram pré-selecionadas para formar parte de um grupo de primeiros colonos do planeta Marte, em 2025, informou nesta quinta-feira a companhia holandesa Mars One, autora do projeto.
A seleção foi realizada a partir de 200 mil pessoas, de 140 países, que se inscreveram para fazer parte da primeira onda de colonização do Planeta Vermelho. No total, 1.058 candidatos passaram à segunda fase da seleção, segundo a Mars One.
"O desafio com os 200.000 inscritos era separar os que pensamos ser capazes - mental e fisicamente - para a missão de embaixadores humanos em Marte dos que não levam o desafio a sério", disse Bas Lansdorp, fundador e presidente da Mars One.
A Mars One vai selecionar agora, em várias fases, os 24 colonos que devem viajar a Marte em seis grupos de quatro pessoas.
Os colonos, que jamais poderão regressar à Terra, deverão viver em pequenos habitats, encontrar água, produzir oxigênio e cultivar seus próprios alimentos.
O projeto enfrenta muito ceticismo, mas entre seus apoiadores está o Nobel holandês Gerard 't Hooft, ganhador do prêmio de Física em 1999, que aparece em um vídeo promovendo a Mars One no site de financiamento coletivo Indiegogo.
Até agora, as agências espaciais ao redor do mundo só conseguiram enviar sondas robóticas a Marte, sendo a última a Curiosity, da Nasa, estimada em US$ 2,5 bilhões, e que pousou no planeta vermelho em agosto de 2012.
Se for bem sucedida, a Mars One será a primeira iniciativa, tripulada ou não tripulada, a explorar outro planeta.
 fonte:http://br.noticias.yahoo.com/coloniza%C3%A7%C3%A3o-marte-tem-mil-candidatos-201829265.html

Papa ganha Lamborghini e decide leiloá-lo

O Papa Francisco foi presenteado nesta quarta-feira com um modelo especial da marca de automóveis de luxo Lamborghini, de cor branca, que ...