segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Será que somente o Vaticano sofre de Alzheimer? Faça você sua reflexão também.

Papa diz que Vaticano sofre de 'Alzheimer espiritual'

Papa Francisco fez tradicional discurso de Natal nesta segunda-feira (22) (Foto: ANDREAS SOLARO / AFP)Pontífice pediu que os cardeais façam exame de consciência.
Afirmações foram feitas durante mensagem de Natal.

 O papa Francisco surpreendeu a todos nesta segunda-feira (22) com uma mensagem de Natal na qual pediu que os cardeais façam um exame de consciência ante o que chamou de "alzheimer espiritual", entre outras doenças que relacionou e que disse afetarem a Cúria.
Em seu discurso anual de uma severidade sem precedentes, o Papa falou aos membros do governo da Igreja contra as rivalidades, as calúnias e as intrigas dentro da Cúria.
O Papa afirmou que, "como qualquer corpo humano", a Cúria sofre de "infidelidades ao Evangelho" e de "doenças que precisa aprender a curar".
O Papa citou 15 doenças, usando expressões fortes como, além de "alzheimer espiritual", "terrorismo do falatório", "esquizofrenia existencial", "exibicionismo mundano", "narcisismo falso" e "rivalidades pela glória".
Através de expressões fortes, que geraram um certo desconcerto entre os cardeais e altos funcionários da Santa Sé, o Papa analisou o que chamou de patologia do maquinário central da Igreja católica, e pediu reflexão, penitência e confissão por ocasião do período natalino.

A primeira doença a que se referiu foi a de "sentir-se imortal e insubstituível", sem defeitos, privado de autocrítica, que não se atualiza nem tenta melhorar.
"É preciso visitar os cemitérios para ver os nomes de tantas pessoas que se consideravam imunes e indispensáveis", alfinetou.
A segunda doença citada foi o "excesso de atividade", de trabalho, e convidou a Cúria a respeitar as férias e a dedicar momentos de descanso com a família, algo que ele pessoalmente não segue.
A terceira doença que atinge os membros da Igreja é "a petrificação mental e espiritual", seguida do "excesso de planejamento e funcionalismo", "má coordenação" e o que chamou de "Alzheimer espiritual", ou seja, o esquecimento do fervor da fé inicial.
Outra grave patologia é a da "rivalidade e vanglória", o viver no mundo das aparências.
Na lista, o pontífice inclui a "esquizofrenia existencial" de quem esquece que está a serviço das pessoas, de quem apenas se limita a realizar trâmites burocráticos, dos que somente dependem de suas próprias paixões, caprichos e manias e 'constroem a seu redor muros e costumes'.
"Sanar essa enfermidade tão grave é urgente e indispensável", afirmou.
Intrigas e fofocas
O tom foi ainda mais severo quando mencionou a doença das "fofocas e das intrigas", e pediu que todos se protejam desse tipo de terrorismo pelos danos que provoca.
Entre as doenças, incluiu a de "divinizar os chefes", o de ser "vítima do carreirismo e do oportunismo", de pensar "apenas no que pode obter e não no que pode oferecer".
Outra patologia é "a doença da indiferença para com os demais" e a da "cara fúnebre", já que acha que o religioso "deve ser uma pessoa amável, serena e entusiasmada". "Deve transmitir alegria", enfatizou.
"Como faz bem uma boa dose de humor!", acrescentou ainda.
Francisco, que rejeita toda e qualquer ostentação papal, inclui entre os males da Igreja atual os de "acumular bens materiais", de pertencer "a círculos fechados", assim como "ao mundano e o exibicionismo".
Respeitando o estilo singular de seu discurso, o Papa recordou que "os sacerdotes são como os aviões, são notícia apenas quando caem".
E concluiu com uma advertência: "Quanto mal pode causar a todo o corpo da Igreja um único sacerdote que cai", afirmou, aludindo indiretamente aos escândalos sexuais e financeiros, assim como o vazamento de notícias por parte de membros da Cúria, atos que marcaram o pontificado de seu antecessor, Bento XVI.
"A cura é o fruto da tomada de consciência da doença", concluiu o Papa, pedindo que os bispos e cardeais permitam que o Espírito Santo inspire suas ações, invés de confiar apenas em suas capacidades intelectuais.
Depois deste discurso, recebido como uma ducha fria, Francisco saudou um a um todos os cardeais, em um ambiente tenso, apesar das amabilidades de fachada.
"Ele não teve piedade ao dar o nome das doenças que percebe nos ambientes próximos a ele", comentou o vaticanista Gianni Valente.
"Rompeu com o estereótipo do 'papa latino-americano' que não conhece a complexidade da Cúria e a cultura europeia, críticas que provêm de seus detratores para neutralizá-lo", afirma Valente no Vatican Insider.
Francisco conduz desde sua eleição, em março de 2013, uma profunda reforma da Cúria, e topa com inúmeras oposições internas, causando muitas preocupações em certos meios.

Mineiro derrota Fátima e o PT indica Francisco das Chagas para a Educação

Sem consenso, PT decide no voto a indicação de um nome para a secretaria Educação de Robinson


03JA_Audiencia-publica-sobre-VLT---Fernando-Mineiro--(13)O Partido dos Trabalhadores aguarda a confirmação do governador diplomado Robinson Faria (PSD) quanto a se acatará ou não a indicação do partido para ocupar o cargo de secretário estadual de Educação do Rio Grande do Norte. A indicação de Chagas foi encaminhada ao governador no último sábado, após decisão interna do PT na qual a executiva do partido, por nove votos a seis, escolheu o nome de Chagas para a pasta da Educação. Indicado pelo grupo do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), Chagas venceu o concorrente na disputa interna, o também professor Getúlio Marques, que havia sido posto na concorrência pelo grupo da senadora eleita Fátima Bezerra (PT).
Francisco das Chagas é professor da rede pública e está no Ministério da Educação Cultura (MEC) desde o primeiro governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele coordenou a criação do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB), assim como coordenou a criação do Piso Nacional do Magistério. Foi, ainda, secretário de Educação Básica do MEC durante a gestão de Tarso Genro. Atualmente, é secretário executivo adjunto do MEC, tendo já atuado como dirigente sindical.
“Nós tínhamos dois bons nomes, gestores e com experiência. Como não teve consenso na indicação de um deles, há de se buscar critérios. Optamos pelo critério de quem tinha mais afinidade com política de educação básica”, afirmou Mineiro à reportagem. Segundo ele, o nome já foi encaminhado ao governador Robinson Faria, que será responsável por acatar e nomear o futuro secretário de Estado da Educação. “Achamos que o nome melhor preparado para enfrentar os desafios da educação do RN é o de Chagas”, frisou.
Até agora, dos espaços oferecidos ao PT, como partido aliado ao futuro governo Robinson Faria, apenas o ocupante da pasta de Educação foi definido pela sigla, que mantém reuniões diárias para discutir as indicações do futuro governo. O governador Robinson Faria anunciou na semana passada que pretende anunciar na terça-feira desta semana (amanhã) a lista dos ocupantes dos principais cargos comissionados da sua administração, a tomar posse dentro de nove dias.
Além da Educação, caberá ao PT a indicação dos secretários de Cultura (Fundação José Augusto), Assuntos Fundiários (SEARA), Secretária da Mulher, Secretaria da Juventude e Empresa Técnica de Extensão Rural (EMATER). Segundo o deputado Fernando Mineiro, os demais nomes seriam definidos de hoje para amanhã, a tempo de encaminhar ao governador eleito para que seja anunciado junto com os demais  nomes previstos para serem confirmados ou revelados amanhã.

EDUCAÇÃO - ENEM

O sistema de divulgação das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por Escola 2013 já está disponível. Este ano, para cada escola, é possível consultar o seu desempenho médio, percentuais de alunos em cada um dos níveis de desempenho e a média dos 30 melhores alunos.
Além disso, cada escola terá informações sobre dois novos indicadores: o nível socioeconômico (INSE) e a formação docente. "Na análise de dados educacionais, é particularmente necessário descrever o contexto social dos alunos, que tem grande influência nos resultados", afirma o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Chico Soares.
O INSE de cada escola é a média do nível socioeconômico dos seus alunos, distribuído em sete níveis (sendo 7 o mais alto). O cálculo dessa medida foi feito a partir das informações fornecidas pelos alunos no preenchimento do questionário contextual.
O segundo indicador é a proporção de professores de cada escola que leciona no ensino médio e possui a formação adequada, nos termos da lei. Os dados utilizados são os fornecidos pela própria unidade de ensino, por meio do Censo Escolar da Educação Básica.
O presidente do Inep destaca, ainda, que o objetivo da divulgação do Enem por Escola é "fornecer às famílias informações sobre o desempenho e sobre o contexto social e escolar dos alunos das escolas de ensino médio que fizeram o exame de 2013". Chico Soares esclarece que essas informações, junto com outras fornecidas pelas escolas, podem ser usadas para o acompanhamento das unidades de ensino pela sociedade.
O desempenho dos alunos em cada escola foi sintetizado com três categorias de indicadores. O primeiro é a média do desempenho dos alunos da escola em cada uma das cinco áreas incluídas nos testes do Enem: ciências humanas; ciências da natureza; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática; e redação.
A média não descreve a variação dos desempenhos. Por isso, para cada escola, foram também calculados os percentuais de alunos em cada um dos cinco níveis. Outra novidade é a apresentação da média dos 30 melhores alunos de cada escola. "Isso viabiliza uma comparação mais equilibrada entre escolas de diferentes tamanhos", esclarece Soares.
Os resultados foram divulgados preliminarmente às escolas, em 1º de dezembro. Os dirigentes escolares tiveram prazo de dez dias para entrar com recurso no Inep. Os dados são calculados para estabelecimentos de ensino que tenham matriculados, no mínimo, dez concluintes do ensino médio regular seriado e 50% de alunos participantes do Enem.

Proficiência – Desde 2009, a proficiência dos participantes do Enem nas provas objetivas é calculada por meio da Teoria de Resposta ao Item (TRI). Além de estimar as dificuldades dos itens e as proficiências dos participantes, essa metodologia permite que os itens de diferentes edições do exame sejam posicionados em uma mesma escala. Cada uma das quatro áreas do conhecimento avaliadas no Enem possui uma escala própria.
Já a correção da prova de redação avalia cinco competências: domínio da norma padrão da língua escrita; compreensão da proposta de redação; capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista; conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação; elaboração de proposta de intervenção para o problema abordado, respeitados os direitos humanos.
 Consulte aqui o desempenho das escolas.
Assessoria de Comunicação Social do Inep

Somente uma escola do RN fica entre 100 melhores do Brasil no Enem 2013

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou hoje (22) o ranking das escolas no rendimento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013. A única escola do Rio Grande do Norte que ficou entre as 100 melhores colocadas no Enem 2013 foi o Colégio Ciências Aplicadas. A instituição da rede privada de ensino, que obteve média 688,0, ficou no 28º no ranking nacional. Na segunda colocação do RN, em 141º lugar, ficou o Centro de Educação Integrada (CEI), com nota 652,1.

O Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFRN) – Campus Central em Natal, alcançou a média 606,19, a maior entre as escolas públicas. A menor média geral, 406,6, foi registrada na Escola Estadual Maria da Glória de A. Luna, em Ipanguaçu, a 214 Km da capital. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (22) pelo Ministério da Educação.

Maiores médias do Brasil
Com base nas notas das quatro provas objetivas (Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza), a escola com a média geral mais alta do Brasil no Enem 2013 foi o Colégio Objetivo Integrado, de São Paulo, que tem 44 alunos e obteve nota média 741,94. O Colégio Bernoulli (unidade Lourdes), de Belo Horizonte, ficou na segunda colocação: 300 dos 302 alunos fizeram a prova e a nota média deles foi 722,64. Já o Colégio e Curso Ponto de Ensino, do Rio de Janeiro, tem 18 alunos, e 15 deles fizeram o Enem. A nota média deles foi 720,02, a terceira maior do país.

Confira o ranking:

1º) Colégio Objetivo Integrado (São Paulo/SP) - privada - 741,94
2º) Colégio Bernoulli - unidade Lourdes (Belo Horizonte/MG) - privada  - 722,64
3º) Colégio e Curso Ponto de Ensino (Rio de Janeiro/RJ) - privada 720,02
4º) Colégio Vértice Unidade II (São Paulo/SP) - privada -  715,41
5º) Colégio Santo Antônio (Belo Horizonte/MG) - privada - 713,44
6º) Instituto Dom Barreto (Teresina/PI) - privada - média 713,39
7º) São Bento (Rio de Janeiro/RJ) - privada  -
8º) Colégio Ari de Sá - unidade Major Facundo (Fortaleza/CE) - privada - 710,67
9º) Colégio Elite Vale do Aço (Ipatinga/MG) - privada  -  707,57
10º) Coleguium (Belo Horizonte/MG) - privada -  707,55
11º) SEB COC Unidade Álvares Cabral (Ribeirão Preto/SP) - privada - 707,14
12º) Colégio de Aplicação da UFV - Coluni (Viçosa/MG) - federal  - 702,99
13º) Colégio e Curso Ponto de Ensino (Niterói/RJ) - privada -  702,67
14º) Móbile Colégio (São Paulo/SP) - privada -  702,18
15º) Colégio Santo Agostinho (Belo Horizonte/MG) - privada -  701,67
16º) Colégio Olimpo (Brasília/DF) - privada - 701,23
17º) Colégio Lerote Ltda (Teresina/PI) - privada - 701,09
18º) Colégio Farias Brito - unidade central (Fortaleza/CE) - privada - 696,35
19º) Colégio e Curso Ponto de Ensino (Rio de Janeiro/RJ) - privada - 695,19
20º) Colégio Magnum Agostiniano - unid. Nova Floresta (Belo Horizonte/MG) - privada - 694,80
28º) Colégio Ciências Aplicadas - privada - 688,0
141º) Centro de Educação Integrada - privada - 652,1
348º) Overdose Colégio e Curso  - privada - 631,1
446º) Centro de Educação Integrada - privada - 624,7
541º) Colégio Marista de Natal - privada - 619,7
555º) Colégio Salesiano Dom Bosco - privada - 619,2
752º) IFRN (Campus central) - pública - 609,8
901º) Colégio Salesiano São José - privada - 604,4
1438º) Colégio Nossa Senhora das Neves - privada - 589,3
1534º) Centro Educacional de Aprendizagem - privada - 587,0

domingo, 21 de dezembro de 2014

Em reunião com o novo Governador, direção do SINTE/RN entrega pauta imediata de reivindicações


A direção do SINTE/RN teve a primeira reunião com o novo governador do RN , Robinson Faria. O encontro ocorreu na tarde dessa terça-feira (02), na Escola de Governo, por meio do Fórum Estadual dos Servidores do RN, grupo que reúne o SINTE/RN e mais seis sindicatos.
Na ocasião, os sindicatos entregaram uma pauta com 16 pontos de reivindicações em comum. Os representantes de cada sindicato ressaltaram a falta de diálogo dos governos anteriores, bem como da gestão Rosalba, a falta de vontade política para a valorização profissional e como o estado se encontra sucateado.
Por sua vez, o SINTE/RN entregou ao novo governador uma pauta imediata. No documento, a categoria pede celeridade nas resoluções dos principais problemas da educação pública do estado. Na lista, estão as questões relativas ao 1/3 de hora atividade, piso salarial, chamada dos concursados e a convocação de concurso público.
A direção do SINTE/RN deixou claro que os professores rede estadual de educação não vão cumprir a recomendação do MP (Ministério Público) no que toca a mudança de hora-aula para hora relógio.
Em seu discurso, o governador eleito acordou que pretende fazer um governo de muito diálogo com o movimento sindical. Contudo, Robinson disse que ainda não pode dar uma resposta concreta aos pedidos das categorias, pois não tem dados suficientes para se posicionar e ainda não conhece a real situação financeira do Estado.
O coordenador geral do SINTE/RN, professor Rômulo Arnaud, avaliou a reunião como positiva, já que esta é a primeira vez que um governador eleito do RN chama a classe sindical para conversar. “A reunião foi muito positiva. Apresentamos as demandas da educação pública do Rio Grande do Norte. Agora aguardamos que o novo governo apresente as soluções para os problemas. Nós vamos cobrar”, pontua.
Ficou acertado que o novo governo do estado fará uma segunda reunião com o Fórum Estadual dos Servidores do RN no início de 2015.
Veja AQUI a pauta do SINTE/RN
Veja AQUI a pauta do Fórum Estadual dos Servidores do RN

sábado, 20 de dezembro de 2014

Futuro governador desabafa: “Não duvidem nunca mais da coragem de Robinson Faria”

5i746i
Diplomado governador do Rio Grande do Norte para um mandato de 1º de janeiro de 2015 a 31 de dezembro de 2018, o governador eleito do Rio Grande do Norte foi, ao lado da senadora eleita e também diplomada ontem, Fátima Bezerra (PT), a grande estrela na festa de diplomação dos eleitos e reeleitos na tarde de ontem, no Centro de Convenções. Num discurso de improviso, Robinson agradeceu a Deus, de joelhos, o diploma recebido, enalteceu o fundamental apoio da família durante a campanha, e desabafou, sobre como será o futuro governo do Estado: “Não duvidem mais da coragem de Robinson Faria”.
Numa cerimônia organizada pelo Tribunal Regional Eleitoral do RN (TRE), Robinson exaltou todo o sentimento de uma campanha eleitoral adversa e que se mostrou vitoriosa pelos ingredientes de uma saga histórica. “Vocês não duvidem nunca mais da coragem de Robinson Faria. E não é a coragem dos valentões. A coragem com convicção é a que reina no coração do homem. É a coragem que está na essência. E essa coragem Deus me deu”, discursou Robinson, afirmando que terá coragem para fazer as mudanças que o Rio Grande do Norte precisa, e que não tem medo de amanhã ser cobrado, pois está “pronto e motivado”.
Desacreditado como candidato, adversário de uma candidatura tida como invencível, como a do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB), Robinson lembrou que foi, por muito tempo, candidato de si mesmo. “Eu era candidato de mim mesmo”, disse, lembrando que muitos ‘analistas’ escreviam sempre que ele era candidato dele mesmo, sem perspectivas de vitória.
A participação da família de Robinson, na cerimônia de diplomação, mereceu o destaque a que sua esposa e filhos tiveram no pleito difícil. “Parabéns, Julianne, se não fosse você, eu não era hoje o governador do Rio Grande do Norte”, afirmou. “Minha família cumpriu esse papel com bravura e com amor”, declarou Robinson, que disse ser “protagonista da eleição mais bonita do Rio Grande do Norte, que elegeu Robinson, Fátima Bezerra e Fábio Dantas”.
ANÔNIMOS
Robinson atribuiu ao povo anônimo sua vitória no segundo turno, derrotando o maior palanque eleitoral já montado em torno de uma candidatura no Rio Grande do Norte. As pessoas humildes do Estado, que acreditaram na sua proposta, foram reverenciadas. “Foram eles que me deram esse diploma. As pessoas que estão nas ruas, nas estradas, e que nem foram convidadas para estarem aqui”, declarou Robinson.
Ao falar sobre a futura gestão, Robinson apontou a transparência como uma das marcas centrais. Segundo ele, um governo sem transparência se coaduna com desmandos e desvios éticos. “Vamos fazer um governo transparente. A corrupção é amiga da falta de transparência”, afirmou o governador diplomado, pedindo desculpas por ter se alongado no discurso. “Gosto de falar palavras que o coração manda”, concluiu Robinson.
Fátima agradece pela eleição “da primeira senadora de origem popular”
A senadora eleita pelo Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), afirmou nesta quinta-feira, durante cerimônia de diplomação, que o desafio dos eleitos, a partir de agora, é unir esforços com fim de impulsionar o crescimento econômico do Estado, avançar na construção da justiça social e integrá-lo ao trilho de desenvolvimento nacional.
“Para garantir a todos os seus filhos e filhas os direitos essenciais de cidadania”, acrescentou. A parlamentar foi diplomada pela Corte Eleitoral do RN junto ao governador eleito, Robinson Faria, 24 deputados estaduais e oito federais. Fátima recebeu o certificado de diplomação das mãos da estudante do IFRN da Cidade Alta, Pâmela Castilhos.
Ao discursar na solenidade, a senadora eleita agradeceu ao povo potiguar a generosidade e a confiança de escolhê-la representante pela quinta vez consecutiva. Ela garantiu que, mais uma vez, não irá decepcioná-los. “Agradeço aos norte-rio-grandenses por compartilharem do meu sonho, por quebrar paradigmas e me eleger a primeira senadora de origem popular do RN”, assinalou.
Para a senadora eleita, as reformas políticas, tributárias e o pacto federativo são essenciais para a nação. E assegurou que trabalhará neste sentido. Fátima Bezerra foi eleita senadora com 808.051 votos. Ela já foi deputada federal por três ocasiões e estadual por dois mandatos.
Solenidade de diplomação encerra processo eleitoral
Na solenidade promovida pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN), foram diplomados 22 deputados estaduais (dois justificaram a ausência), oito federais, a senadora eleita Fátima Bezerra, os dois suplentes de senador, o vice-governador eleito Fábio Dantas e o governador eleito Robinson Faria, totalizando 35 diplomados.
Com o ato, a Justiça Eleitoral do Estado potiguar encerrou o processo eleitoral de 2014, ao garantir o diploma aos eleitos, documento que outorga direito a todos exercerem seus mandatos eletivos, conforme disciplina a legislação.
A sessão solene da Corte Eleitoral, presidida pelo seu presidente, desembargador Virgilio Macêdo Júnior, aconteceu no auditório do Centro de Convenções de Natal e reuniu autoridades políticas, do Judiciário, administrativas, familiares, amigos dos eleitos e a imprensa.
Para o desembargador Virgílio, a diplomação coroa de êxito todo o processo eleitoral, iniciado pelo seu antecessor e tão bem conduzido pelos servidores da Justiça Eleitoral e todos os colaboradores, a exemplo do governo do Estado, que através de suas polícias militar e civil, apoiou e garantiu a tranquilidade da população junto com os demais órgãos de segurança no âmbito federal e municipal.
Discursaram o advogado Paulo Coutinho, como representante da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rio Grande do Norte, e o procurador regional eleitoral, Gilberto Barroso, em nome do Ministério Público Eleitoral.  Entre os diplomados, discursaram os deputados estadual e federal mais votados, Ricardo Motta e Walter Alves, a senadora Fátima Bezerra e o governador Robinson Faria.
Os deputados estaduais reeleitos Agnelo Alves (PDT) e George Soares (PR), por motivos de ordem pessoal, receberão seus diplomas em outra data a ser solicitada e agendada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN).
A governadora Rosalba Ciarlini (DEM), que teve sua postulação para disputar a reeleição vetada pelo partido, que apoiou Henrique Alves, participou da cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos no pleito 2014 no Rio Grande do Norte. “A diplomação é a legitimação da vontade do povo, é a tradução do desejo dos eleitores assim como ocorreu na nossa gestão há quatro anos. Desejo sucesso aos escolhidos pelo povo, de forma transparente, e que eles possam desempenhar bem o seu mandato”, disse a governadora.

fonte: Jornal de Hoje

domingo, 14 de dezembro de 2014

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

multas de trânsito

i5667i4

Parcelamento de multas de trânsito também é aprovado na Assembleia

Deputado afirma que multas têm valores muito altos e parcelamento é importante


Os deputados estaduais da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovaram o Projeto de Lei de autoria do deputado Hermano Morais em que fica autorizado o parcelamento dos decorrentes da aplicação de multas por infrações ao Código Nacional de Trânsito, para veículos licenciados no Estado do Rio Grande do Norte.
De acordo com o projeto, o parcelamento mencionado se refere as multas emitidas na esfera de competência da autoridade de trânsito estadual. O pagamento dos débitos referidos poderá ser efetuado em até três parcelas mensais e sucessivas.
Se houver inadimplência superior a 30 dias de alguma das parcelas, o benefício será suspenso e o cidadão ou cidadã ficará impedido de fazer novo parcelamento sobre o objeto do acordo firmado.
O cumprimento ao Código Nacional de Trânsito exige dos responsáveis pela gestão do trânsito em todas as partes do território nacional uma fiscalização sistemática e de grande magnitude, bem como um periódico trabalho educativo junto à população.
Como consequência direta das campanhas educativas constantemente realizadas, se verifica uma grande redução do número de vítimas no trânsito. Por outro lado, o rigor na fiscalização provoca um aumento significativo nas multas aplicadas por infrações ao Código Nacional de Trânsito, multas que por seus valores relativamente altos, deixam de ser pagas pelos infratores. Especialmente, quando se verifica cumulatividade.
Por outro lado, o Poder Público não pode se abster ao dever de cobrar o pagamento das multas, pois estaria alimentando a impunidade. No entanto, precisa ser sensível à situação econômica da população e criar meios para que aqueles que venham a cometer algum tipo de infração possam ter condições de arcar com a despesa por ela acarretada.

medicina

Cientistas criam anticoncepcional masculino com eficácia de 99%

Foto: Divulgação

De acordo com cientistas, espermatozoide enfraquece e não consegue entrar no óvulo


Cientistas da Indonésia desenvolveram um anticoncepcional masculino. De acordo com os pesquisadores da Universidade Airlangga, o remédio tem eficácia de 99% e quase não tem efeitos colaterais.
De acordo com o professor da universidade Bambang Prajogo, a pílula, que é derivada de um arbusto da indonésia, permite que os homens produzam espermatozoides, porém eles são incapazes de penetrar no óvulo.
“O ingrediente ativo da planta utilizada para produção da pílula interrompe três enzimas do esperma, o que enfraquece e tornam os espermatozoides incapazes de penetrar nos óvulos durante o período de fertilização.”
No momento, os pesquisadores estão trabalhando na dosagem desse princípio ativo que será introduzida na pílula.
“Esperamos criar uma fórmula que faça com que os homens tenham que tomar a pílula horas antes de terem relações sexuais.”
Os cientistas afirmam que o medicamento não afeta permanentemente a fertilidade masculina. Segundo eles, os espermatozoides voltam ao normal dentro de um mês.
Fonte: R7

Papa ganha Lamborghini e decide leiloá-lo

O Papa Francisco foi presenteado nesta quarta-feira com um modelo especial da marca de automóveis de luxo Lamborghini, de cor branca, que ...