Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Seminário de São Pedro busca doações para a manutenção de atividades

Proposta é intensificar campanha de arrecadação através da conta de energia

A tranquilidade nas palavras esconde uma preocupação do padre Francisco Fernandes, vice-reitor do Seminário de São Pedro, em Natal. Há cerca de cinco anos, a instituição quase centenária, ligada à Arquidiocese da capital potiguar, tem visto suas contas fecharem no vermelho. Apenas o mês de agosto, em todo o ano passado, apresentou entrada de recursos superior às despesas. As despesas mensais giram em torno de R$ 70 e R$ 80 mil. Já as entradas, oriundas de contribuição das paróquias, de doações dos fiéis, campanhas e alguns aluguéis de imóveis são, em média, de R$ 60 mil. O déficit vinha sendo suprido por um fundo da instituição. O problema, no entanto, é que até esta alternativa já está próxima de acabar. Agosto de 2014 só teve maior entrada por causa da doação pontual de uma instituição alemã. A alternativa encontrada pela casa de formação dos futuros sacerdotes …

Leonardo Boff diz no Uruguai que há "ódio" contra os pobres no Brasil

O teólogo Leonardo Boff disse durante uma visita em Montevidéu que os protestos contra o governo brasileiro se tratam de "ódio" contra as pessoas que saíram da pobreza no país, já que, na sua opinião, atualmente "o povo entra nos shoppings e voa em aviões". "No Brasil há uma raiva generalizada contra o PT, que é mais induzida pelos meios de comunicação, mas não é ódio contra o PT, é ódio contra os 40 milhões (de pobres) que foram incluídos e que ocupam os espaços que eram reservados às classes poderosas".

MEU BRASIL, NOSSO BRASIL:

SOBRE AS MANIFESTAÇÕES POPULARES NESTE MEU BRASIL: Sou contemporâneo de uma época que manifestação de rua jamais aconteceria. Época dos generais...quando , nas escolas, obrigatoriamente cantava-se o Hino Nacional semanalmente e se era obrigado a desfilar no Dia 7 de setembro. Época que criança e adolescente não podiam estar na rua a partir das 22h...de fazer fila para entrar na sala de aula, época em que a mídia era obrigada a se calar...entre outros. E vivi, como militar (Fuzileiro Naval), o final desse período na história deste país. HOJE, PODE-SE IR ÀS RUAS COM BANDEIRAS, COM SIGLAS PARTIDÁRIAS OU NÃO, DEFENDENDO-SE O GOVERNO OU SE POSICIONANDO CONTRA ELE. A nossa Democracia ainda está em processo de puberdade...ou seja, momento de mudanças e de tomada de decisões para uma maturidade segura e feliz. Por isso, como brasileiros, saibamos discernir o medíocre em detrimento do criativo, do original, do verdadeiro, do construtivo. Avante meu Brasil! SEM MEDO...SEM ARMAS..…

STF decide extinguir pena do ex-deputado José Genoino

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu extinguir a pena o ex-deputado federal José Genoino, preso em novembro de 2013 por participação no esquema do mensalão. A decisão foi unânime e se baseou no indulto natalino decretado pela presidente Dilma Rousseff em dezembro de 2014. Dida SampaioDe acordo com o decreto de indulto natalino, os condenados estivessem cumprindo pena em regime aberto ou prisão domiciliar, faltando até oito anos para o cumprimento total da pena, teria o perdão da justiça. Genoino foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão e, desde agosto de 2014, cumpria o regime domiciliar. Em 25 de fevereiro, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deu parecer favorável à extinção da pena do ex-deputado. O relator da ação, ministro Roberto Barroso, teve decisão favorável e a submeteu à plenário do STF, onde recebeu voto favorável dos nove ministros presentes.