Pular para o conteúdo principal

Postagens

Salário de servidor será congelado, e governo prevê poupar R$ 9,8 bi

Com a revisão da meta de deficit deste ano e de 2018 praticamente definida, a equipe econômica prepara medidas para cortar gastos e aumentar receitas. Pelo lado dos gastos, o governo congelará salários de servidores em 2018 para economizar R$ 9,8 bilhões. Serão atingidos professores, militares, policiais, auditores da Receita Federal, peritos do INSS, diplomatas e oficiais de chancelaria e carreiras jurídicas. Outras categorias poderão ser incluídas. Além disso, o salário inicial de novos servidores ficará restrito a R$ 5.000 e haverá corte de benefícios como auxílio-moradia e ajuda de custo em casos de remoção. Embora tenha desistido de aumentar o Imposto de Renda, benefícios tributários devem ser revistos para melhorar a arrecadação. O Ministério do Planejamento espera o envio da nova proposta de reoneração da folha de pagamento para o Congresso. A medida provisória que tratava do assunto enfrentou resistência, iria perder a validade nesta semana, e o governo decidiu revogar o text…
Postagens recentes

E assim...estão nos deixando os bons cantores

Cantor Belchior morre aos 70 anos no Rio Grande do Sul G1: O cantor e compositor cearense Belchior, de 70 anos, morreu na noite de sábado (29) em Santa Cruz do Sul (RS). A família não divulgou a causa da morte. O corpo deve ser levado para o Ceará, onde ocorrerá o sepultamento na cidade de Sobral, onde o artista nasceu, segundo a Secretaria de Cultura do Estado. O Governo do Estado do Ceará confirmou a morte e decretou luto oficial de três dias. “Recebi com profundo pesar a notícia da morte do cantor e compositor cearense Belchior” disse em nota o governador Camilo Santana. “O povo cearense enaltece sua história, agradece imensamente por tudo que fez e pelo legado que deixa para a arte do nosso Ceará e do Brasil”. O traslado do corpo será feito pelo Governo do Ceará, que aguarda liberação das autoridades gaúchas. O horário ainda não foi confirmado, mas a expectativa é que o corpo seja levado ainda neste domingo (30). fonte: blogdoRobsoncabugi

CTB defenderá a educação pública com valorização profissional em congresso da CNTE

Entre os dias 12 e 15, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) realiza o seu 33º Congresso, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, com profissionais de educação do Brasil e do mundo.
“Realizar o nosso congresso neste momento é essencial para debatermos os graves retrocessos que a educação pública está sofrendo”, destaca Marilene Betros, dirigente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).
Ela ataca a reforma do ensino médio enviada ao Congresso através de uma medida provisória e aprovada pela Câmara dos Deputados recentemente. “É um grave retrocesso. Os profissionais da educação não vão se calar. Queremos que a educação avance para um patamar mais elevado, com ampla liberdade”, reforça.
Acesse o caderno de resoluções do congressoaqui.
A programação aqui.
Agora só falta o Senado votar essa medida. Betros afirma ainda que os docentes tiveram grandes avanços na carreira nos últimos anos e o governo golpista está p…

13/12: na mesma data em que foi editado o AI-5, Senado deve aprovar PEC que liquida direitos

Nesta terça-feira (13), a partir das 10h, será votada no Senado em segundo turno a Proposta de Emenda Constitucional 55, a PEC da Morte, como tem sido chamada. A medida impõe um rigoroso teto para as despesas sociais do governo para os próximos 20 anos.
Por se tratar de uma alteração na Constituição, a proposta precisa ser aprovada por pelo menos três quintos dos parlamentares (49 dos 81 senadores). No primeiro turno, realizado há duas semanas, o placar foi de 61 votos favoráveis a 14 contrários. "Uma vitória consagradora", disse Renan Calheiros após a votação.
A PEC 55 está sendo apresentada pela equipe econômica do governo como tábua de salvação para a economia nacional, mas tem sido vista por muitos como a mudança que poderá afundar de vez a economia do país e levar com ela toda a população mais pobre, com reflexos em toda a sociedade, preservando apenas o setor financeiro e os segmentos mais ricos que raramente se abalam com os altos e baixos da economia n…

federais aprovam greve a partir de 5

Depois da mobilização dos estudantes da educação básica e universitários contra a PEC do Teto de Gastos e a Medida Provisória que reforma o ensino médio, propostas do governo Michel Temer (PMDB), os professores de ao menos 27 universidades federais aprovaram greve a partir de quinta-feira, 24, por tempo indeterminado, segundo a Associação Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), principal sindicato da categoria.
A maioria das instituições é de Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pernambuco.
"A conjuntura política está cada vez mais acirrada, a PEC foi aprovada na câmara sem discussão nenhuma com a sociedade. Por isso, sentimos a necessidade de ampliar a mobilização contra essas medidas", disse Eblin Farage, presidente da Andes.
Segundo Eblin, outras 17 instituições estão com indicativo de greve e devem votar a participação nos próximos dias. Entre elas, está a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) que aprovou indicativo de…

E AÍ...VOCÊ VAI CONTINUAR DE BRAÇOS CRUZADOS

NOTA DA EDUCAÇÃO CONTINUA RUIM DE ACORDO COM IDEB

A "nota" da educação no Brasil foi divulgada na manhã desta quinta-feira (8). E o resultado continua ruim, principalmente no ensino médio, etapa que vai do 1º ao 3º ano (antigo colegial).
O Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) 2015 do ensino médio ficou em 3,7 --numa escala que vai de 0 a 10. A média esperada para a etapa do ensino era de 4,3.
Considerado um dos principais gargalos do Brasil, o ensino médio mantém o índice de 3,7 desde a edição de 2011. O Ideb é calculado a cada dois anos. Os resultados da prova foram coletados no ano passado.
Segundo Mendonça Filho, ministro da Educação, o dado é "absolutamente negativo e coloca o quadro geral do Brasil abaixo do que foi fixado".
Ensino fundamental No Ideb 2015 apenas os anos iniciais do ensino fundamental (1º ao 5º ano, antigo primário) conseguiram bater a meta (4,9) com o resultado de 5,5.
Os anos finais, do 6º ao 9º ano registraram 4,5, abaixo da meta de 4,7. A evolução em qualidade nes…